| Ver todas Notícias
Tradução
Ferro-Gaita - Biografia

O nome FERRO GAITA vem da combinação dos dois instrumentos: O Ferro (pedaço de metal tocado com uma faca) e a Gaita (tipo de acordeão), utilizados na música tradicional caboverdeana, como instrumentos base do gênero musical mais tocado pelo grupo: o FUNANÁ, que teve a sua gênese, com a chegada do acordeão a Cabo Verde, com o camponês do Interior de Santiago a apoderar-se deste instrumento e a cantar a sua alma e a sua vivência típica; com muita pobreza, revolta e contestação escondidas, motivos que levaram a que essa música fosse proibida em lugares públicos, durante a época Colonial.

A 22 de Julho de 1996, nasce o grupo musical FERRO GAITA, formado por 3 jovens músicos, que descobriram na Gaita, no Ferro, na Bateria e na Viola Baixo, novos caminhos para o Funaná, os quais iniciando as suas actuações em bares e em concertos de rua, cedo chamaram a atenção das pessoas pelo som quente e diferente que apresentavam, tendo como corolário o convite para participar num dos maiores Festivais de Cabo Verde em Maio de 97, o Festival da Gambôa, na Praia – ilha de Santiago.

Em Junho de 1997, o grupo gravou em Rotterdam – Holanda, o seu primeiro CD “FUNDU BAXU”, tendo como base o Funaná e o Batuco. O trabalho, cuja comercialização se iniciou a 22 de Agosto, foi o CD mais vendido em Cabo Verde e nas comunidades cabo-verdianas durante esse ano.

Depois de 2 anos a actuar em vários pontos do mundo e em Cabo verde, em Setembro e Outubro de 1999, o grupo gravou em Brockton – EUA, o seu segundo CD “REI DI TABANKA”; caracterizado por uma clara evolução técnica, que abrangeu outros estilos musicais tradicionais: como o Funaná lento, rápido e Sambado, o Batuque, a Tabanka (com a introdução de instrumentos tradicionais de sopro como a Bombona (Búzio com mais de 100 anos), Meia Bumba e Cornetinha e o Finaçon (em parceria com uma Lenda viva de Cabo Verde: NHA NÁCIA GOMI, com 75 anos na altura), tendo o CD sido muito bem aceite, com o grupo a cimentar a sua posição no mercado e continuando a realizar vários espectáculos por todo o mundo.

Em 2001, o grupo a associou-se à editora Lusáfrica, com a publicação do CD “Rei di Funaná”, uma compilação de 10 músicas dos 2 primeiros CD´s e a convite da editora, o grupo realizou espectáculos em grandes salas europeias, culminando com uma grande digressão pela Europa, ao lado de grandes nomes da música caboverdeana, como Cesária Évora, Ildo Lobo, Luís Morais entre outros.

Em 2002 o grupo foi nomeado para o Kora Awards (maior prémio da música africana), na categoria de melhor grupo de música tradicional.

Iniciou em Novembro de 2002 a preparação da gravação do seu terceiro CD de originais “Bandêra Liberdadi”, tendo o mesmo sido gravado e misturado em Cabo Verde, entre Março e Junho de 2003, com algumas gravações adicionais em Portugal e Estados Unidos e masterizado em Nova York, no The Lodge, tendo chegado ao mercado caboverdeano em Dezembro 2003.


O mesmo teve muito sucesso, demonstrando a maturidade do grupo, tendo como base o Funaná, a Tabanka, o Batuque, o Finaçon e apresentando como novidade a Ladainha e a Tabanka Reza.


Em Dezembro de 2006 o grupo gravou ao vivo em Cabo Verde e em comemoração dos seus 10 anos de vida o CD e DVD ao vivo Finkadu na Raiiz, na presença de 20.000 pessoas.


Com 10 anos de vida o grupo já actuou em vários palcos mundiais, com artistas de renome e participou em diversos eventos de grande prestigio, entre os quais:


- Festival da Gambôa, Praia – Maio 97, 98, 99, 2001, 2002, 2003, 2005 e 2006

- Festival Mundial da Juventude – Cuba – Agosto 97

- Festival de Santa Maria, Ilha do Sal – Setembro 97, 98, 99, 2000, 2003 e 2005

- Tournée ao Oeste Africano- Mauritânia, Senegal, Gâmbia, Mali e Guiné-Bissau- Fev.98 - Centro Cultural Francês

- Holanda, Dunya Festival – Junho 98

- Expo 98, Praça Sony – Julho 98

- Festival da Baia das Gatas, Ilha de S. Vicente – Agosto 98, 2000, 2002 e 2004

- Festival Sete Sois Sete Luas, Ilha de Santo Antão – Outubro 98, 2000 e 2006

- Espanha – 2 actuações em Madrid – Janeiro 99

- Alemanha -CMT 2000 – Stuttgard – Janeiro 2000

- Tourneé por Portugal, França e Holanda – Março/Abril 2000

- Boston / EUA – Festival Só Sabi – Boston Center for the Arts – Maio 2000

- Portugal -Coliseu de Lisboa -com Tito Paris -Junho 2000

- Angola – 5 shows em Luanda e Benguela com Mendes Brothers e Gerard Mendes – Junho/Julho 2000

- Alemanha – Hannover – Expo 2000 – Sony Plaza -Julho 2000

- Strictly Mundial (Saragoça - Espanha) European Forum of Worldwide Music Festivals – 16 Novembro 2000

- Europa – França, Suiça, Suécia, Alemanha e Inglaterra – Tournée – Cesária & Friends – 10 a 27 de Julho 2002

- Tournée na Áustria e Alemanha – Julho / Agosto 2003

- Ilhas Canárias – Las Palmas e Tenerife – Semana de Cabo Verde – Dez. 2003

- EUA – Boston, Providence, New York e New Jersey – Abril 2004

- EUA – New Orleans e New York – Novembro 2004

- Canadá – Montreal – Novembro 2004

- EUA – Washington e Boston – Abril 2005

-Canadá – Montreal - Festival Nuits D´Afrique, Hamilton e Toronto - Harbourfront Festival – Julho 2005

- Lançamento do CD e DVD ao vivo em Cabo Verde – Dezembro 2006

-Holanda, Bélgica, Luxemburgo, França e Suíça – Tournée – Fevereiro e Março de 2007


Em destaque

A Praça no Facebook













Praça das Flores - Edição Discográfica


Na Praça das Flores fazemos edição física e digital de vários discos de edição própria ou de acordos que temos com outras editoras. Veja a lista de discos disponíveis aqui.

Agenda
Newsletter